BLOG

Anemia por deficiência de vitamina B12 e ácido fólico (megaloblástica)

Qual é a função da vitamina B12 e do ácido fólico?

A vitamina B12 (cobalamina) e o ácido fólico são essenciais para a produção dos glóbulos vermelhos. A vitamina B12 é absorvida no estômago, na presença de uma proteína transportadora chamada fator intrínseco.

As fontes alimentares da vitamina B12 são: a carne bovina e de aves, principalmente o fígado. Os ovos, queijo, e leite também são fontes desta vitamina. O ácido fólico é encontrado nos vegetais verdes e frutas.

 

Quais as causas das deficiências de vitamina B12 e/ou ácido fólico?

A deficiência destes elementos pode causar anemia, que é chamada macrobiótica ou megaloblástica, porque confere um tamanho aumentado dos eritrócitos.

 

As principais causas são:

  • Gastrectomia (cirurgia com retirada parcial ou total do estomago).
  • Diarreia crônica.
  • Doenças do fígado.
  • Alcoolismo.
  • Gravidez.
  • Utilização prolongada de medicações que contenham sulfas, anticonvulsivantes.

 

Quais são as manifestações clínicas?

Os pacientes apresentam os mesmos sintomas gerais de anemia como os mencionados acima, acrescidos de icterícia (coloração amarelada da esclerótica dos olhos, das mucosas e da pele), e sintomas neurológicos específicos como alterações de sensibilidade em pés e mãos, formigamento e, nas formas mais graves, lesões neurológicas irreversíveis.

 

Como diagnosticamos uma anemia megaloblástica?

Mediante exames laboratoriais que incluem o hemograma, dosagens de vitamina B12, ácido fólico, DHL, mielograma, além da investigação do tubo digestivo.

Veja também: Anemia por deficiência de ferro (ferropriva).

 

Qual é o tratamento?

Reposição das vitaminas deficientes.

 

Como se faz a prevenção das anemias carenciais?

Dieta equilibrada. Tratar prováveis causas.

dr salim assinaturafaixa assinatura Dr SalimDr. Salim

CRM-SP 43163

É conhecido também como médico da família. Formado em 1981, na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, concluindo residência dois anos depois, em 1983. Desde então, atua como clínico geral no Hospital Sírio Libanês, além de atender também em sua clínica privada.

faixa assinatura Dr Salim

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OU MANDE UMA MENSAGEM

agsdi-whatsapp