Blog

Ebola Vírus - Dr Salim Médico de Família

Número de mortes por ebola sobe para 2.793, diz OMS

O número de mortes por ebola aumentou para 2.793 de 5.762 casos em cinco países, informou nesta segunda-feira (22) a Organização Mundial da Saúde (OMS). Segundo a OMS, o surto do vírus está “bastante controlado” no Senegal e na Nigéria. Não houve novas mortes na Guiné. Serra Leoa registrou 130 novos casos e quatro mortes, apesar da ordem de confinamento de três dias que terminou no domingo.

Consultores independentes para a OMS se posicionaram contra uma proibição ou bloqueio comercial com os países envolvidos na epidemia no oeste africano.

Algumas companhias aéreas pararam de voar para as regiões afetadas e algumas agências, além da OMS, disseram que isso está atrapalhando os esforços de ajuda e a chegada de especialistas.

Os especialistas orientaram os países afetados – Guiné, Libéria, Nigéria, Senegal e Serral Leoa – a trabalhar com os setores aéreo e marítimo para “desenvolver uma resposta coordenada” na questãio de transporte.

Saiba Mais
Anuar Mitre - Dr Salim Médico de Família

Anuar Mitre, uma referência

Não é fácil escrever sobre um amigo, mesmo nos momentos bons, imaginem amigos em um momento difícil como o atual. Vou tentar expressar o que sinto em relação ao grande médico, amigo, pai de família, enfim ao excepcional ser humano que é Anuar Mitre.

No último dia 15 de setembro, uma segunda-feira como tantas outras, Mitre atendia em seu consultório em frente ao hospital Sírio Libanês, exercia com maestria a profissão que escolheu para se dedicar em seus 65 anos de vida. De repente foi surpreendido por um homicida que invadiu seu consultório, e sem dar chance de defesa desferiu três tiros que atingiram a cabeça, as costas e o braço de Mitre. A imprensa, como sempre em busca de notícias sensacionalistas, começou a procurar motivos para o ato do homicida, esquecendo que por trás daquele homem há a sua família e amigos que nesse momento só querem paz para orar por sua saúde. Como presidente da Comissão de Ética do Hospital Sírio-Libanês não posso me calar diante dessa situação.

Tenho a honra de ao lado de minha equipe estar cuidando da recuperação de Anuar Mitre. Ele sairá dessa e voltará para os braços de todos que o admiram como homem e profissional. Mitre se graduou em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em 1973, fez residência no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo) e no Hospital Necker da Universidade de Paris. Depois, mestrado, doutorado e livre-docência em Urologia. É professor associado da Urologia de Medicina da Universidade de São Paulo. É sem dúvida nenhuma uma referência em Urologia no país.

O momento é de consternação e de apoio de todos que já passaram pelas mãos de Anuar Mitre. Sou parceiro médico dele há mais de 30 anos e podem haver outros profissionais éticos como ele, mais é impossível.

A tristeza toma conta de seus amigos, parte pela ação do homicida, mas parte também pelo desrespeito que parte da imprensa insiste em cometer, buscando histórias e mais histórias para tentar justificar o injustificável.

Nós, profissionais de saúde e amigos de Mitre não aceitamos isso. Repito: O momento é de recuperar esse homem exemplar, simples, humilde, agregador.

Anuar Mitre é uma referência para todos nós, seja no ensino da Urologia, seja na sua atuação profissional como médico. Ele vai sair dessa situação tenho certeza e voltará a transbordar seu conhecimento no dia a dia, para alegria de todos nós.

Saiba Mais
Vacina Hepatite A - Dr Salim Médico de Família

Vacina de hepatite A passa a ser oferecida em todo o país este mês

O SUS já está oferecendo a vacina contra o vírus da hepatite A em todo o país. Os três últimos estados que faltavam – São Paulo, Paraná e Roraima – passaram a ter a vacina disponível este mês, de acordo com o Ministério da Saúde.

Em 29 de julho, a pasta tinha anunciado a inclusão da imunização no calendário vacinal. Desde então, os estados passaram a incluir a vacina progressivamente.

A imunização é direcionada a crianças de 1 ano até 1 ano e 11 meses. A meta do ministério é imunizar 95% desse público em um ano, o que totaliza três milhões de crianças.

Com a vacinação contra a hepatite A, o Ministério da Saúde passa a oferecer, de graça, 14 vacinas de rotina no calendário. Ainda segundo o ministério, com a nova vacina, o Brasil passa a ofertar todas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS)

Hepatite A
A hepatite A é uma doença infecciosa aguda que atinge o fígado. De acordo com a OMS, a cada ano, ocorrem cerca de 1,4 milhão de casos no mundo. Nos países com precárias condições sanitárias e socioeconômicas, a hepatite A apresenta alta incidência.

De acordo com o Ministério da Saúde, a doença é considerada comum no Brasil, área de risco para a hepatite A. Foram 3,2 casos para cada 100 mil habitantes em 2013. De 1999 a 2012, foram 761 mortes.

De 1999 a 2013 foram registrados 151.436 casos de Hepatite A no Brasil. A maioria dos casos se concentra nas regiões Norte e Nordeste do país, que juntas representam 55,8% das confirmações do vírus. De 2% a 7% dos casos apresentam a forma grave da doença, que pode levar à hospitalização e à morte.

A principal forma de contágio da doença é a fecal-oral, por contato entre as pessoas infectadas ou por meio de água e alimentos contaminados.

Saiba Mais