Febre amarela - Por Dr. Salim Médico de Família

Boletim epidemiológico Febre amarela em São Paulo

Desde janeiro de 2017 foram reportados 250 casos suspeitos de febre amarela, sendo 111 (44,4%) casos confirmados; dos casos confirmados, 80 autóctones (72,1%) e 30 importados (27,0%).

Dos 80 casos de febre amarela autóctones, 35 evoluíram para óbito e na maior parte dos casos, foram do sexo masculino.

Em relação aos casos importados de febre amarela, foram confirmados 30 casos, todos com local provável de infecção em Minas Gerais.

A Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo vem divulgando o mapa da epidemia de Febre amarela.

Confira na imagem abaixo e para ter as informações completas acesse o link clicando aqui!

Boletim Febre amarela São Paulo - Por Dr. Salim Médico de Família

É importante evitar essas regiões quem não tomou a vacina.

Vale lembrar que a vacina só começa a proteger após 10 dias da aplicação.

2 Comentários
  1. Responder
    Elisabeth Ferreira

    Gratidao.

  2. Responder
    Roberto Rodrigues

    Caro amigo Salim. Seus esclarecimentos transformam-se em um grande e respeitável serviço ao público em geral. Que este exemplo se multiplique por todo o Brasil e ajude a efetivamente preservar a saúde da população. Seu objetivo maior, por toda sua obra e seus trabalhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *