Todas as mensagens da categoria: Dermatologia

Como é o envelhecimento da pele? - Dr Salim

Como é o envelhecimento da pele?

A classificação mais utilizada é a baseada na cor de pele, olhos e cabelo, e sua reatividade ao sol.

Para melhor avaliação da pele de um indivíduo e sua suscetibilidade aos efeitos da exposição à radiação solar, é essencial a classificação do tipo de pele. A classificação mais utilizada foi desenvolvida por Fitzpatrick, baseada na cor de pele, olhos e cabelo, e sua reatividade ao sol, considerando a predisposição à queimadura solar e produção de diversos graus de bronzeado.

Quanto mais baixo o fototipo, menor a quantidade de melanina, menor a defesa contra a radiação ultravioleta. Assim, uma pessoa de pele clara, com dificuldade de produzir um bronzeado com a exposição solar, apresenta maior predisposição ao aparecimento de manchas e rugas mais precocemente.

Existem algumas classificações clínicas de fotoenvelhecimento, necessárias para uma qualificação e quantificação mais objetiva das alterações cutâneas secundárias à exposição solar. Este sistema auxilia os médicos a padronizar esquemas terapêuticos, e uniformiza uma linguagem de comunicação entre os profissionais da área médica. No entanto, nenhuma delas é a ideal. Atualmente, esta é a classificação mais referida nos trabalhos científicos da área:

1: Fotoenvelhecimento leve (28-35 anos) – “Ausência de rugas”: presença de rugas mínimas, alterações pigmentares incipientes e ausência de queratoses (alterações secundárias à exposição solar);

2: Fotoenvelhecimento moderado (35-50 anos) – “Rugas de expressão”: rugas dinâmicas (do sorriso), melanoses solares incipientes (manchas acastanhadas), lesões pré-cancerosas secundárias à exposição solar crônica;

3: Fotoenvelhecimento avançado (50-65 anos) – “Rugas de repouso”: rugas no repouso, alterações de pigmentação evidentes, lesões vasculares de fino calibre avermelhadas, queratoses actínicas visíveis;

4: Fotoenvelhecimento severo (60-75 anos) – “Somente rugas”: grande quantidade de rugas, pele frouxa, amarelo-acinzentada, alterações de pigmentação (manchas castanhas e brancas), queratoses actínicas e câncer de pele.

Saiba Mais