Todas as mensagens da categoria: Vídeos Dr Salim

Faça sexo com camisinha!

Quem for iniciar a vida sexual, primeiramente não pode ter medo de tomar a vacina contra HPV. Essa vacina é útil e HPV é a doença sexualmente transmissível do século XXI, que se contagia com facilidade e pode levar ao câncer de útero e, no homem, ao câncer de pênis.

Em segundo lugar, é necessário fazer sexo com proteção, o uso da camisinha é essencial. A juventude de hoje não passou pela década de 80 pelo o que nós passamos com a Aids. As pessoas pensam que essa doença é bobagem, mas na verdade não é.  A Aids é transmitida pela relação sexual e pode levar à morte. Ela tem controle, mas não tem cura. O sexo tem que ser feito com o uso da camisinha.

É importante ressaltar que fazer sexo sem camisinha tem que ser uma atitude tomada entre duas pessoas que têm plena confiança uma na outra, se conhecem e têm uma vida em comum.

O sexo ocasional tem que ser feito com camisinha, para não transmitir aids, HPV, herpes, hepatite, entre outras doenças. O sexo de qualquer forma precisa ser feito com camisinha!

Saiba Mais

Ciclista, fique atento!

Os ciclistas precisam ter alguns cuidados na hora de andar de bicicleta pelas ruas de São Paulo e de todo o Brasil:

– Use capacete. Não é porque você está andando de bicicleta, numa velocidade pequena, que a queda não pode causar um grande estrago no seu cérebro. Na verdade, ela pode, inclusive, te matar.

– Atenção na via em que você está andando. As ruas, de terra ou asfalto, são muito irregulares e esburacadas, então, a quantidade de quedas é imensa, até mesmo nas ciclofaixas de São Paulo.

– Fique atento com os automóveis, porque a cultura dos brasileiros e dos condutores de veículos, em geral, é de um certo desprezo diante do ciclista. Portanto, até que essa cultura modifique, o que vai demorar bastante, teremos muitos acidentes, e quem sempre perde é a bicicleta. Por isso, tenha cuidado cuidado, não enfrente, não seja corajoso. O grande lema do ciclista é a humildade para conduzir sua bike.

Saiba Mais

Você tem varizes no útero?

Varizes significam veias dilatadas e as mais famosas ficam nos membros inferiores, são dilatações venosas das pernas. Por sermos bípedes e pela lei da gravidade, a volta do sangue acaba sendo mais difícil.

É uma tendência genética que faz com que as pessoas tenham dilatação dessas veias, que haja uma dificuldade do sangue voltar e forma aquelas varizes nos membros inferiores.

Ao redor do útero também é o mesmo problema com a dilatação das veias que saem do útero e vão até o coração. As varizes pélvicas e uterinas costumam ser assintomáticas. Na verdade, quando nos deparamos com casos de embolia pulmonar, escapes de coágulos formados nas varizes, isso pode parar no pulmão.

Não é comum varizes uterinas e pélvicas darem sintomas e nem causarem trombose profunda, formação de coágulos e embolia pulmonar. Porém, cada caso é um caso, normalmente, o achado de varizes é no ato cirúrgico. O cirurgião ou ginecologista vai operar o útero, ovário e pode encontrar varizes pélvicas.

Não costuma ter problemas, mas se tem dores nessa região, tem varizes, o seu ginecologista terá que dar a conduta adequada e concluir se a senhora tem dores ou não por causa das próprias varizes.

Ressaltando, na maioria dos casos, as varizes pélvicas são achados de exames, no ato cirúrgico, e não costumam dar problemas. Elas são mais comuns em mulheres que tiveram muitas cesáreas, cirurgias ginecológicas e pélvicas.

Saiba Mais