BLOG

Depressão e ansiedade: pesquisa da USP associa dor crônica a esses casos

Estudo do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo relata que há uma relação direta entre ansiedade ou depressão e as doenças crônicas.

Após entrevistar moradores da Região Metropolitana de São Paulo, pesquisadores chegaram à conclusão que pessoas com transtornos de humor tiveram duas vezes mais doenças crônicasCerca de 20% da população de 11 milhões de pessoas deste universo, convivem com depressão ou ansiedade.

 

Depressão e ansiedade e as doenças crônicas

Depressão

50% dos indivíduos com depressão e bipolaridade têm dor crônica, seguidos por 33% dos entrevistados com  doenças respiratórias. 10% dos portadores de doenças cardiovasculares reclamam da enfermidade assim como 9% de pessoas com artrite e 7% com diabete.

Ansiedade

Os distúrbios de ansiedade também geraram dor crônica em 45% dos pacientes e doenças respiratórias em outros 30%. Este diagnóstico complexo constatou que a hipertensão atinge 23% das pessoas e artrite e doenças cardiovasculares, 11%.

 A coordenadora do Núcleo de Epidemiologia Psiquiátrica do IPq, Laura Helena de Andrade, uma das autoras do estudo reconhece que numa metrópole como São Paulo, a prevalência de casos de depressão e ansiedade é muito alta devido ao estresse. 

Transtorno bidirecional

A pesquisa traz ainda que mais de 2 milhões de pessoas na Região Metropolitana de São Paulo vivem com ansiedade ou depressão ligadas a um problema crônico, a uma dor crônica. Segundo ela, é um círculo vicioso onde a pessoa com depressão, fica inativa e sente dor. Ou a pessoa com dor ou uma doença crônica se afasta e apresenta quadros de ansiedade ou depressão

Trabalhos anteriores já haviam relatado de maneira consistente a associação de doenças crônicas com transtornos de humor e ansiedade. Entretanto, desconhece-se a relação entre dor crônica e ansiedade ou depressão com tanta intensidade. Até o momento, os mecanismos fisiopatológicos da dor crônica são pouco conhecidos.

Auto defesa

A especialista fala que as células do sistema de defesa são ativadas quando há uma invasão por um agente causador de doença, o estresse psicológico em uma situação ambiental como, por exemplo, viver em uma cidade como São Paulo, acaba ativando o sistema inflamatório.

De acordo com a pesquisadora, ainda é necessário realizar novos estudos com foco na interação entre depressão, ansiedade e doenças físicas crônicas para explicar os mecanismos pelos quais se originam as doenças. 

Veja também: Depressão é doença e precisa de remédio

O artigo, publicado no Journal of Affective Disorders, faz parte do São Paulo Megacity Mental Health Survey, levantamento concluído em 2009 no âmbito de projeto temático financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

dr salim assinaturafaixa assinatura Dr SalimDr. Salim

É conhecido também como médico da família. Formado em 1981, na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, concluindo residência dois anos depois, em 1983. Desde então, atua como clínico geral no Hospital Sírio Libanês, além de atender também em sua clínica privada.

faixa assinatura Dr Salim

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OU MANDE UMA MENSAGEM

 

WhatsApp Agende sua consulta