BLOG

Doença de Von Willebrand

O que é?

É a coagulopatia hereditária de maior prevalência, acometendo cerca de 1% da população geral.

É causada por deficiência qualitativa ou quantitativa do fator de Von Willebrand, que tem papel importante na fase inicial da coagulação, promovendo a adesão das plaquetas no endotélio (camada mais interna dos vasos em contato com o sangue) e a agregação das plaquetas.

 

Quais são as manifestações clínicas?

Os sintomas clínicos mais comuns são: sangramento cutaneomucoso (nasal, gengiva, machas roxas na pele), menstruação com grande fluxo e prolongada, sangramentos pós-cirúrgicos e pós-extrações dentarias.

 

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico é baseado na história clínica do paciente e em um conjunto de exames laboratoriais de coagulação gerais e específicos.

Veja também: Doenças de coagulação.

 

Como é feito o tratamento?

O tratamento deve ser orientado por serviço médico especializado, sendo indicado, dependendo de cada caso, o uso de DDAVP (acetato de desmopressina), antifibrinolíticos (medicamentos que inibem a fibrinólise – que é a destruição dos coágulos – para evitar hemorragias) ou concentrado do fator (transfusão de fatores de coagulação).

dr salim assinaturafaixa assinatura Dr SalimDr. Salim

É conhecido também como médico da família. Formado em 1981, na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, concluindo residência dois anos depois, em 1983. Desde então, atua como clínico geral no Hospital Sírio Libanês, além de atender também em sua clínica privada.

faixa assinatura Dr Salim

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OU MANDE UMA MENSAGEM

 

WhatsApp Agende sua consulta