Dengue, Zika e Chikungunya - Dr Salim Médico de Família

Elimine o mosquito e acabe com a Dengue, Zika e Chikungunya

Pelo menos 800 pessoas morreram no Brasil em virtude das três doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti, no ano passado.  Só a dengue contaminou 1 milhão e meio de pessoas em 2016. O vírus da Chikungunya provocou 270 mil casos em todo o país, já o Zika vírus atingiu 215 mil pessoas com o agravante da contaminação de 17 mil gestantes.

A classe médica comenta que o Zika vírus, que provoca a microcefalia nos bebês e outras deformações congênitas, é o pesadelo deste século.

Recentemente, cientistas norte-americanos provaram que o mosquito Aedes Aegypti pode transmitir os três vírus ao mesmo tempo.

Os sintomas de Dengue e vírus da Chikungunya são semelhantes aos do Zika, e também podem incluir dor articular e óssea, hemorragia nasal ou de gengiva e hematomas.

Dengue

A Dengue, uma velha conhecida do Brasil, apresenta quatro subtipos no Brasil. Já há uma vacina francesa sendo comercializada no país, mas são necessárias 3 doses. Detalhe, esta vacina não protege o paciente do Zika Vírus e da Chicungunya.

A Dengue é chamada de quebra-ossos tal o mal-estar e as dores que provoca nas articulações. Às vezes, surgem erupções cutâneas, febre, dor de cabeça, hematomas fáceis e sangramento de gengivas. Às vezes, isso leva à febre hemorrágica, que pode ser mortal.

Zika

O Zika vírus ocasiona na maioria das pessoas sintomas leves como uma febre, erupção cutânea, dor nas articulações e olhos vermelhos. O perigo real pode ser para mulheres grávidas e seus bebês. Está ligado a um defeito congênito chamado microcefalia, uma grave doença neurológica que acarreta danos cerebrais e o nascimento do bebê com uma cabeça menor do que os padrões da estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde.

Chikungunya

A Chikungunya pode deixar sequelas com dores nas juntas ao longo de um ano e quadros de inflamação articulares. Normalmente, a doença se extingue por si só, podendo levar à morte em certas situações. O paciente infectado pode ter uma erupção cutânea, dor de cabeça, náuseas e fadiga. Grande parte dos doentes se recupera sem maiores intercorrências.

Repelente

Especialistas recomendam o uso de repelente à base de Icaradina. Algumas marcas protegem por até 10 horas contra a picada dos mosquitos. Este princípio ativo pode ser usado em crianças a partir de dois anos na versão spray e nos bebês com mais de 6 meses, na versão gel.

As gestantes devem utilizar o protetor contra os mosquitos conforme orientação médica.

Aedes Egypti

O mosquito precisa ser debelado e combatido em todas as casas, praças e cidades. Você deve participar deste exército, evitando acumular água em pneus, vasos de plantas, frisos de janelas, piscinas abandonadas entre outras atitudes. Vamos acabar com os criadouros do mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>