Tireoidite de Hashimoto - Dr Salim Médico de Família

O que é Tireoidite de Hashimoto?

Tireoidite de Hashimoto é uma das causas mais comuns de hipotireoidismo que consiste numa inflamação crônica da tireoide (leia também “O que é tireoide?”), onde há uma produção de anticorpos que destroem a glândula responsável pela fabricação de hormônios no corpo humano.

A Tireoidite de Hashimoto leva a uma redução da função da tireoide que provoca lentidão no metabolismo, gerando fadiga, ganho de peso, ressecamento ou queda de cabelo.

Atenção aos outros sinais da sua tireoide que com a Tireoidite de Hashimoto funciona contra você, por conta deste surto no sistema imunológico: depressão, bócio (glândula aumentada no pescoço) fraqueza muscular, cansaço, olhos inchados, prisão de ventre, fluxo intenso de menstruação.

A sensibilidade ao frio é outro sintoma importante àqueles que tem algum problema na glândula.

 

Incidência de Tireoidite de Hashimoto

Recentemente, cientistas comprovaram uma maior incidência de Tireoidite de Hashimoto em portadores de diabetes mellitus tipo 1 (DM1).

As doenças tireoidianas afetam mais o público feminino. O tratamento simples requer sempre o acompanhamento médico para ajuste da dose de tempos em tempos. O hormônio sintético deve ser ingerido sempre em jejum, meia hora antes da primeira refeição para melhores resultados.

Com exames de sangue periódicos e bate papo com o médico, geralmente um Endocrinologista, consegue equacionar a dose da medicação para uma boa qualidade de vida do paciente.

Estudos apontam que a Tireoidite de Hashimoto afeta 5% da população global. A maior concentração se dá nos grupos com dieta muito rica em iodo, um mineral presente no sal de cozinha. Vale destacar, que o iodo é vital para todo mundo, mas em excesso pode trazer problemas.

Além dos adultos, as crianças também podem sofrer desse desajuste imunológico. Raramente, acontece antes dos 4 anos de idade, sendo mais frequente com adolescentes em torno de 11 a 12 anos.

O diagnóstico de Tireoidite de Hashimoto é feito com a presença de níveis elevados de anticorpos anti-TG e TPO. Na ultrassonografia, a tireoide se mostra com textura heterogênea, sugerindo a inflamação da glândula.

A boa notícia é que não há relação entre Tireoidite de Hashimoto e casos de câncer na tireoide (“leia também O que é câncer de tireoide?”).

Para informações mais detalhadas acesse https://www.endocrino.org.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>