Por que a vacinação é importante?

Em todo momento aparece a discussão, ainda mais com as redes sociais hoje em dia, sobre vacinação. “Vacina é você pegar um elemento que te causa uma doença, criar nele uma situação em que não vai te causar a doença, vai estimular o seu sistema imunológico a produzir anticorpos. Assim, você se protege de uma doença, sem tê-la”, explica Dr. Salim Médico de Família.Vacinação - Dr Salim Médico de Família

Na maioria das vezes, se for feita de maneira adequada, a vacina só traz benefícios e não traz prejuízos. Numa pequena quantidade de vezes, dependendo do tipo, ela tem que ser dada com muito cuidado. De acordo com Dr. Salim, as vacinas são produzidas a partir do micro-organismo, o vírus ou a bactéria vivos, só que atenuados. Ou seja, como se fosse aleijado só para provocar o seu sistema imunológico, sem provocar a doença. Então, a vacinação poderia trazer problemas, dependendo do estado imunológico do paciente, porém, em grande parte das situações, as vacinas são produzidas por meio micro-organismos mortos.

 A vacinação é muito útil e necessária. “A varíola foi exterminada no Brasil com a vacina, a poliomelite com vacina, praticamente não existe mais no Brasil. É uma doença grave, que traz sequelas graves”, exemplifica Dr. Salim Médico de Família. Portanto, esse tipo de prevenção, na maior parte das vezes, só traz benefícios, sem trazer prejuízos. Existem situações que as vacinas podem causar problemas, mas é a minoria. E, se isso acontecer, é algo tratável.

 Dr. Salim acredita que, no Brasil, ainda falta campanha para uma boa vacinação da população. “Isso é um problema de saúde pública. Já tivemos mais campanhas de vacinação, acho que a crise econômica atual está impedindo o Ministério da Saúde e a Secretaria da Saúde a estimular a vacinação da população”, afirma.

Quando estiver bem comprovada, a vacina contra a dengue será muito útil, porque esta é uma doença que está matando muito gente e prejudicando a população brasileira. “Tomara que consigamos ter uma vacina efetiva, bem testada, bem analisada com certeza de que não traga efeitos colaterais à população”, espera Dr. Salim Médico de Família.

Vacinação - Dr Salim Médico de FamíliaHá uma série de doenças que deixaram de existir ou existe muito pouca quantidade, baseado nas vacinas. “Então, por favor, vamos parar com essa história de que vacina faz mal, não tomar vacina, ser contra a vacina. Ao ver uma pessoa, uma criança ou jovem ter uma doença pode ser fatal ou trazer sequelas e que poderia ser evitada com a vacinação. Nós, médicos, ficamos muito chateados com isso”, alerta Dr. Salim Médico de Família. Precisamos enxergar com ótimos olhos a vacinação, que protege as pessoas das doenças infectocontagiosas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *