BLOG

SUS inclui stent farmacológico para prevenir infarto em diabéticos

O Ministério da Saúde anunciou, nesta terça-feira (26), a inclusão do tratamento com stent farmacológico no Sistema Único de Saúde (SUS) para pacientes com doença arterial coronariana, uma das principais causas de morte em países desenvolvidos. Os principais beneficiados, segundo a pasta, serão pessoas com diabete ou com lesões em vasos finos.A doença arterial coronariana é caracterizada pelo estreitamento ou entupimento das artérias coronarianas principalmente pela presença de placas de gordura. Se não tratada, ela pode levar ao infarto agudo do miocárdio, quando o músculo cardíaco sofre lesões pela falta de aporte de sangue na região.De acordo com o ministério, os diabéticos serão especialmente beneficiados, pois tem maior risco de desenvolver doença arterial coronariana.Os stents são como pequenas molas dispostas no interior do vaso sanguíneo com estreitamento. Ele é conduzido ao interior do vaso com um pequeno balão vazio em seu interior, que é inflado quando o dispositivo chega no ponto do estreitamento do vaso. Dessa forma, as estruturas da mola empurram as placas de gordura para os lados, desobstruindo os vasos.O stent farmacológico é revestido por medicamentos que ajudam a artéria a se manter desobstruída por mais tempo. Essas drogas são liberadas no organismo durante os 12 primeiros meses de implante. De acordo com o Ministério da Saúde, 30% dos pacientes que hoje recebem stents comuns teriam indicação para o uso do stent farmacológico.

dr salim assinaturafaixa assinatura Dr SalimDr. Salim 

CRM-SP 43163

É conhecido também como médico da família. Formado em 1981, na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, concluindo residência dois anos depois, em 1983. Desde então, atua como clínico geral no Hospital Sírio Libanês, além de atender também em sua clínica privada.

faixa assinatura Dr Salim

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OU MANDE UMA MENSAGEM

agsdi-whatsapp