Doença hemorroidária

O que é?

As hemorroidas ocorrem quando as veias ao redor do ânus, ou na parte inferior do reto, tornam-se inchadas e inflamadas. São como varizes das pernas, só que localizadas no ânus.

Quais são os tipos?

Existem basicamente 2 tipos:

  • Internas: quando estão localizadas dentro do ânus, ou seja, na parte inferior do canal anal;
  • Externas: são aquelas que se manifestam para fora do ânus.

Como se caracterizam as hemorroidas internas e externas?

As hemorroidas internas não causam dor e muitas pessoas nem sabem que as possuem. São as hemorroidas externas que causam a maioria dos problemas para aqueles que as possuem. Apesar de serem extremamente desconfortáveis, não são perigosas ou causam risco de vida. Muitas pessoas que possuem hemorroidas acreditam que foram destinadas a sofrer com elas pelo resto de suas vidas.

Em alguns casos, os sintomas desaparecem com o tempo e em outros podem perdurar por anos se nenhuma medida for tomada. Também é possível ter hemorroidas e não apresentar qualquer tipo de sintoma.

Nas mulheres, as hemorroidas são muito comuns durante a gravidez, porém, geralmente, são temporárias.

Quais são as causas?

As causas de hemorroidas são inúmeras, podendo estar associadas a um ou mais fatores como: obstipação intestinal crônica, ficar sentada no vaso sanitário por muito tempo, esforço excessivo ao evacuar, gravidez e trabalho de parto, diarreia, uso excessivo de laxativos, idade avançada, levantar objetos pesados ou prática de atividades físicas extenuantes, dieta pobre em fibras e pouca ingestão de água, consumo excessivo de álcool, tosse crônica (indivíduos tabagistas de longa data), sedentarismo e obesidade.

Quais são os sintomas?

Os principais sinais e sintomas da doença hemorroidária são:

  • Presença de sangue vivo no papel higiênico, misturado nas fezes ou no vaso sanitário pode indicar a presença de hemorroidas. Se o sangue for vermelho escuro, pode ser causado por algo mais grave.
  • Dor na região anal, embora não habitual, pode estar presente em hemorróidas complicadas.
  • Coceira e queimação na região anal.
  • Sensação de “massa” na região anal.

Qual é o tratamento?

As opções de tratamento incluem alterações de hábitos de vida e alimentares, além do tratamento medicamentoso e cirúrgico. Uma das principais orientações é o consumo de dietas ricas em fibra alimentar, incluindo frutas com casca, verduras e legumes, além de cereais como aveia e farelo de trigo. É importante também ingerir, no mínimo, 1 litro de água por dia, a fim de tornar as fezes mais macias. Deve ser evitado o consumo de alimentos condimentados e álcool.

Quanto aos hábitos de vida, deve-se programar, sempre que possível, evacuar no mesmo banheiro (efeito psicológico), não ler durante a evacuação e permanecer sentado pouco tempo no vaso sanitário. A higiene da região anal deve ser realizada preferencialmente com chuveirinho ou similares. Deve ser evitado o uso de papéis higiênicos de qualquer tipo, incluindo aqueles com perfume.

O tratamento medicamentoso inclui o uso de cremes e banhos de assento com substâncias anti-inflamatórias e anestésicas.

O tratamento cirúrgico é indicado na falha do tratamento clínico, e em casos de hemorroidas de grande proporção.

Converse com o seu médico a respeito da melhor opção de tratamento para seu caso, e evite automedicação, pois muitas vezes, as hemorroidas podem mascarar outras doenças graves.

dr salim assinaturafaixa assinatura Dr SalimDr. Salim

CRM-SP 43163

É conhecido também como médico da família. Formado em 1981, na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, concluindo residência dois anos depois, em 1983. Desde então, atua como clínico geral no Hospital Sírio Libanês, além de atender também em sua clínica privada.

faixa assinatura Dr Salim

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MANDE UMA MENSAGEM