Dor de garganta: Faringite e amigdalite

O que são faringite e amigdalite?

São os processos inflamatórios e infecciosos que acometem a faringe e as amígdalas, conjunta ou separadamente, levando à dor de garganta, que é uma queixa muito frequente. Nesta região, se localiza o chamado anel linfático de Waldeyer, composto pelo tecido linfóide (produtor de células de defesa).

Os principais agrupamentos deste tecido estão nas amígdalas ou tonsilas palatinas, nas tonsilas faríngeas (adenóides), nas tonsilas tubárias (na região do óstio tubário) e nas tonsilas linguais (na base da língua).

Qual é a função das estruturas do anel linfático de Waldeyer?

As tonsilas, ou amígdalas, e todo tecido linfoide espalhado na faringe têm importância crucial na reação imunológica (defesa do organismo). Estrategicamente localizadas na entrada do trato aéreo e digestivo, fazem o reconhecimento dos antígenos (substâncias estranhas ao organismo) e a produção de células e mediadores imunológicos.

Assim, fica bastante clara sua importância nos primeiros anos de vida, antes dos 7 anos de idade (quando a criança atinge a maturidade imunológica) e até a adolescência (quando decai a função protetora das tonsilas ou amígdalas).

O que é o abscesso periamigdaliano? Como tratá-lo?

O abscesso periamigdaliano é uma coleção purulenta no espaço virtual ao redor das amígdalas. Normalmente, se desenvolve em pacientes que já tiveram outras amigdalites. Leva a quadro toxêmico bastante importante, o que compromete o estado geral do paciente, com dificuldade para engolir, trismo (dificuldade para abrir a boca) e febre. O tratamento inclui antibióticos, drenagem do abscesso, ou até a retirada da amígdala comprometida.

Como abordar as faringites agudas no paciente adulto?

As faringites agudas mais frequentes são virais, mas há muitos sinais de semelhança com infecções bacterianas, como dor de garganta prolongada ou muito forte, irritação e placas brancas (fibrina) ao exame, e aumento de gânglios. Antibióticos são indicados aos pacientes com faringite bacteriana.

Quais são as causas não-infecciosas de faringite crônica do adulto?

Dor de garganta por faringite crônica pode estar presente em pacientes tabagistas e em casos de rinossinusite crônica, tosse crônica, alergia e refluxo gastroesofágico.

Como diagnosticar e tratar os problemas de voz?

Como muitas outras doenças, o sucesso do tratamento depende do diagnóstico precoce, por isso recentemente foram feitas campanhas incentivando as pessoas a procurarem atendimento médico especializado, logo nas primeiras semanas de aparecimento da rouquidão.

O diagnóstico é feito facilmente por exemplo endoscópico, com anestesia local. Os tratamentos incluem medicamentos, fonoterapia e, eventualmente, cirurgia, sempre por indicação médica.

dr salim assinaturafaixa assinatura Dr SalimDr. Salim

CRM-SP 43163

É conhecido também como médico da família. Formado em 1981, na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, concluindo residência dois anos depois, em 1983. Desde então, atua como clínico geral no Hospital Sírio Libanês, além de atender também em sua clínica privada.

faixa assinatura Dr Salim

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OU MANDE UMA MENSAGEM

× Como posso te ajudar?