BLOG

Fibrose pulmonar: o que é?

O que é?

É um grupo de doenças, relativamente raras, não infecciosas, que inflamam os pulmões e progressivamente causam cicatrização e fibrose. Tem um comportamento semelhante ao que ocorre no fígado, causando a cirrose hepática. São doenças de evolução lenta e progressiva, que podem levar a uma falência pulmonar.

Quais são as causas da fibrose pulmonar?

Uma série de doenças podem levar à fibrose pulmonar, algumas de causas conhecidas e outras não. As principais são:

Inalação de poeiras inorgânicas (pneumoconiose): Ocorre em trabalhadores em contato com essas poeiras, como sílica (presente na areia e pedras, escavações de poço, jato de areia), asbestos (presente no amianto, isolantes térmicos, tubulações) e carvão mineral (minas de carvão).

Inalação de poeiras orgânicas (pneumonia de hipersensibilidade): Ocorre em indivíduos que inalam substâncias orgânicas como: proteínas animais (criadores de aves, ratos), fungos, alguns tipos de bactérias (mofo, ambientes úmidos, sauna, ar condicionado) e substancias químicas.

Drogas: Quimioterápicos, antibióticos, antiarrítmicos e cocaína.

Doenças reumáticas: Todos os tipos de reumatismo podem inflamar os pulmões.

Doenças específicas: Algumas doenças raras podem levar à fibrose pulmonar e geralmente estão limitadas ao pulmão (fibrose pulmonar idiopática, sarcoidose, pneumonia organizante ou BOOP).

Veja também: Casos de pneumonia aumentam no outono e inverno.

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico leva em conta a história, o exame físico e as alterações radiológicas (radiografia e tomografia). Na ausência de uma causa conhecida, eventualmente é necessária a realização de uma biopsia pulmonar, isto é, retirar um pequeno fragmento do pulmão doente para estudo microscópio. Essa biópsia pode ser feita por broncoscopia ou cirurgia. 

Qual o tratamento da fibrose pulmonar?

Depende da causa, o ponto fundamental é a retirada do contato com o agente desencadeante, profissional ou domiciliar. As medicações mais utilizadas são os corticoides, pois são potentes anti-inflamatórios. Algumas doenças respondem bem ao tratamento, como a sarcoidose, outras como a fibrose pulmonar idiopática tem pouca melhora com as medicações. A fibrose pulmonar é uma das doenças em que o transplante pulmonar deve ser considerado, na ausência de resposta ao tratamento.

dr salim assinaturafaixa assinatura Dr SalimDr. Salim

É conhecido também como médico da família. Formado em 1981, na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, concluindo residência dois anos depois, em 1983. Desde então, atua como clínico geral no Hospital Sírio Libanês, além de atender também em sua clínica privada.

faixa assinatura Dr Salim

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OU MANDE UMA MENSAGEM

 

WhatsApp Agende sua consulta