Você tem herpes labial?

A dona Maria Laura me pergunta: boa tarde Dr. Salim, herpes labial é grave? Tem a ver com fatores hereditários?

Olha, herpes labial, eu já vi problemas relacionados a herpes labial, começar com herpes labial, como a gengivoestomatite herpética. Herpes labial é quando a herpes só vem no próprio lábio, quando a gengivoestomatite herpética, que pode ser a primeira manifestação de herpes no ser humano, herpes simples, pode levar uma meningoencefalite herpética, pode acontecer, mas normalmente não acontece nada.

O que é o herpes labial?

O herpes labial, o herpes vírus é um vírus que fica dentro da célula, escondidinho, e que de vez em quando, por algum motivo, ou muito sol, alguns tipos de alimento, cansaço, pra febre, ele vem à tona, ele se exterioriza das células, levando a uma inflamação do lábio, produzindo dor, depois uma bolhazinha, cai, forma uma casquinha e aí teve uma crise de herpes.

Crise de herpes são muito grandes, tem crise de herpes que são pequenas, tem gente tem herpes com muita frequência, com menor frequência parece que com o passar dos anos as crises vão diminuindo.

Na adolescência, quando a pessoa adquire o herpes, ela tem com muita frequência, então tem muita coisa para se falar sobre o herpes labial.

 

Existe cura para a herpes labial?

O que eu digo é o seguinte, não tem nada que cure o herpes labial, quem tem herpes vai ter herpes sempre. Mas tem gente que, sabendo os fatores predisponentes para a manifestação do herpes, e quando vem o herpes através de uma boa orientação do seu médico, cujo algum tipo de medicação para tentar diminuir mais rapidamente a crise herpética, ou aumentar o intervalo dessa para a próxima crise, já é uma grande coisa. Existem algumas pessoas que gostam de usar a vacina contra herpes simples.

Herpes simples um, herpes simples dois, o herpes labial, o herpes genital, mas eu acho que ainda não existe grandes comprovações de que a vacina contra a herpes simples funciona, e quem tem que orientar isso tudo é seu médico. Mas a princípio, não é grave. Herpes é uma coisa que muita gente tem e tem maneiras de controlar.

Herpes labial é hereditária?

E também, aproveitando o ensejo, quem tem lesão herpética, quando eles estiverem em atividade, evitar ter contato com beijo, com outras pessoas, porque é assim que se transmite o herpes labial de uma pessoa para outra.

Hereditariedade só quando tem algum problema no canal de parto, uma mulher com herpes genital, na hora do parto pode transmitir o herpes para o filho.

Veja também: O que é herpes?

O ponto de vista de herpes labial, não vejo muito a relação entre o herpes labial e hereditariedade.

Até a próxima!

dr salim assinaturafaixa assinatura Dr SalimDr. Salim

CRM-SP 43163

É conhecido também como médico da família. Formado em 1981, na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, concluindo residência dois anos depois, em 1983. Desde então, atua como clínico geral no Hospital Sírio Libanês, além de atender também em sua clínica privada.

faixa assinatura Dr Salim

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MANDE UMA MENSAGEM