Meus amigos, estamos conversando sobre obesidade. Já defini, já classifiquei, já falei de IMC, já falei de hábitos, da genética e tudo mais. Ai  vem a pergunta: todo obeso é doente?

Não. Todo obeso mórbido tem chance à doenças!

Então, lembrem-se quando falamos em IMC (acesse esse post), quem tem índice massa corpórea acima de 40, tem uma obesidade grave, tem grande chance de estar com alguma doença cardiovascular, hipertensão arterial, diabetes, problemas ortopédicos que começam a machucar tudo quanto é articulação,  apneia do sono e ronco que leva a falta de oxigenação no cérebro durante o sono, problemas para fazer exercício, problemas para respiração, perda de concentração e tudo mais.

Então, quem tem índice de massa corpórea acima de 40, obesidade mórbida, tem grande risco de ter todas essas complicações e vir a falecer ou a ter algum problema que deixe sequelas graves. Porque não é só morrer, não, o problema é ter sequelas graves relacionado a algum fenômeno cardiovascular.

Então, aumenta a incidência de morte súbita, acidente vascular cerebral, infarto agudo do miocárdio, arritmias cardíacas e problemas respiratórios.

Então, realmente quem tem índice de massa corpórea acima de 40, obesidade mórbida, com certeza está correndo riscos de ter toda essas doenças.

Eu já vou falar em todas oportunidades que eu falar sobre obesidade mórbida, ou não,  sobrepeso, vou me bater numa coisa. Fenômenos cardiovasculares com certeza são grande o  risco mas uma coisa é certa, eu vou dividir sempre o obeso sobrepeso obeso mórbido ou não mórbido em sedentário ou não sedentário. Sempre eu vou me bater nisso, muito se fala em tratamento para obesidade que falar sobre isso depois, cirurgia bariátrica nós vamos falar depois, mas existe uma diferença brutal entre a vida do obeso com exercício, com caminhada, pelo menos, e o sedentário que não faz nada. A chance do obeso que não é sedentário ter uma vida decente, é muito maio do que o obeso sedentário que tem chance de ter todos os problemas cardiovasculares e ter uma coisa que são o problema triste , que são as sequelas. A pessoa perde a capacidade de andar, se mexer, andar, de raciocinar. Tudo isso tem que ser levado em consideração.

A obesidade relacionada a sedentarismo e a obesidade acompanhada de não sedentarismo muda o prognóstico das coisas. Além do mais, o não sedentário tem uma chance muito maior de reverter a obesidade de maneira salutar e não artificial e nem sempre correta da obesidade mórbida por sobrepeso.

WhatsApp Agende sua consulta