Você conhece as causas da esquizofrenia?

No terceiro capítulo da série especial, conheça os fatores que desencadeiam a doença.

As causas da esquizofrenia ainda não são completamente conhecidas. Provavelmente, fatores múltiplos entram em jogo, biológicos (genéticos), individuais e ambientais. Sabe-se que várias substâncias, chamadas de neurotransmissores, estão alteradas no cérebro do paciente. Na ressonância magnética podem aparecer alterações em estruturas do cérebro, especialmente a hipertrofia dos ventrículos laterais, e nos exames de imagem funcionais pode-se evidenciar, especialmente no pólo frontal, uma relativa diminuição do fluxo sanguíneo cerebral, no metabolismo ou em algum outro equivalente para a atividade neural. Os resultados dos exames neuropsicológicos costumam mostrar prejuízos nas habilidades cognitivas incluindo a memória, a capacidade psicomotora e a atenção.

Fatores ambientais geradores de estresse, tais como, separação, dificuldades no relacionamento familiar ou conjugal, perda de emprego e dificuldades financeiras não causam a doença, mas podem funcionar como desencadeantes de crise para pessoas que tenham uma predisposição biológica para tal. Em outras palavras, o fator genético para a doença estaria latente, precisando apenas de fatores externos que a fizessem eclodir. Um fator importante para a eclosão de surtos psicóticos é o uso de drogas, especialmente cocaína e anfetaminas, incluindo o ecstasy.

Os pacientes com esquizofrenia evoluem de forma bastante variável. Há pacientes que após a primeira crise evoluem com poucos sintomas negativos, voltando a ser praticamente como eram antes. Outros podem ter vários surtos durante a vida e apenas uma minoria se mantém com sintomas quase que continuamente, apesar do tratamento. Sabe-se que quanto mais precocemente se inicia o tratamento e quanto mais corretamente se toma a medicação, sem interrupções, melhor é a evolução dos pacientes.

No próximo post sobre o assunto, vamos abordar o diagnóstico da esquizofrenia.

dr salim assinaturafaixa assinatura Dr SalimDr. Salim

CRM-SP 43163

É conhecido também como médico da família. Formado em 1981, na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, concluindo residência dois anos depois, em 1983. Desde então, atua como clínico geral no Hospital Sírio Libanês, além de atender também em sua clínica privada.

faixa assinatura Dr Salim

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MANDE UMA MENSAGEM