A pancreatite crônica é decorrente de muitos anos de abuso do álcool. Pode surgir depois de um único ataque de pancreatite aguda ou após vários ataques. O álcool é responsável por 90% dos casos deste problema.

http://drsalim.com.br/o-que-e-pancreatite/

http://drsalim.com.br/como-tratar-a-pancreatite-aguda/

No geral, a pancreatite crônica é mais comum em homens, na maioria das vezes com idade entre 30 e 40 anos. Habitualmente, pacientes com a doença costumam apresentar dor abdominal crônica e má absorção de alimentos, levando ao emagrecimento importante e/ou diabetes.

O diagnóstico é feito a partir da história clínica, exame físico e exames complementares. Dentre estes são de importância os de função pancreática e os de imagem (tomografia computadorizada e ultrassom de abdome).

O tratamento da pancreatite crônica é feito a partir da abstinência alcóolica, do alívio da dor e de dietas associadas a enzimas pancreáticas. Em alguns casos, pode ainda ser necessário o uso de insulina, a fim de normalizar os níveis de açúcar no sangue. Em casos bem selecionados, pode ser indicado o tratamento cirúrgico, a fim de aliviar a dor crônica.

Federação Brasileira de Gastroenterologia: http://www.fbg.org.br/

WhatsApp Agende sua consulta