Como prevenir infecções em crianças?

É importante sempre deixar as vacinas do seu filho em dia.

As medidas preventivas de infecções são de vários tipos. Entre as mais antigas e primárias temos: evitar o contágio das pessoas, ambientes, alimentos e animais suspeitos ou infectados; isolamento do portador, assepsia por esterilização; lavagem com água e sabão, principalmente das mãos; banhos; uso de máscaras, luvas, tecidos esterilizados e outros.Nas crianças amamentadas ao seio, há a prevenção anti-infecciosa oferecida pelo leite materno que transfere para as crianças anticorpos tipo IgA. Esses anticorpos agem contra as infecções rotineiras dessa faixa etária e também como antígenos (substâncias estranhas ao organismo que estimulam o sistema imunológico a produzir anticorpos) indutores da produção de seus próprios anticorpos.A prevenção de infecções é feita com vacinas aplicadas já ao nascimento. São preparadas com os próprios agentes infectantes, vírus ou bactérias, mortos ou vivos, atenuados por métodos especiais que lhes tiram a capacidade de causar doenças, mas conservam a de produzir anticorpos. A vacinação de crianças obedece a um calendário atualizado periodicamente pelo pediatra, porque os esquemas mudam com as vacinas modernas, mais eficazes e melhores em matéria de preço, número e formas de aplicação.Para pessoas com suspeita de contaminação por alguma doença grave que não tem vacina preventiva ou cujo tratamento não é eficaz ou, ainda, pessoas que não podem tomar vacinas por serem portadoras de doenças crônicas que reduzem sua capacidade de produzir anticorpos e, ao mesmo tempo, as expõem ao perigo de se infectarem pelas próprias vacinas como câncer, leucemia, tuberculose e aids, dispõe-se das imunoglobulinas específicas, anticorpos desenvolvidos e extraídos de pessoas que contraíram a doença.Os soros, largamente utilizados até há algumas décadas, têm as mesmas finalidades das imunoglobulinas, só que se constituem de anticorpos produzidos em animais pela inoculação dos agentes causadores das doenças. Os principais exemplos são: soro antitetânico, anti-raivoso, antiofídico.É importante destacar a importância da assistência permanente do pediatra para orientações.

dr salim assinaturafaixa assinatura Dr SalimDr. Salim

CRM-SP 43163

É conhecido também como médico da família. Formado em 1981, na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, concluindo residência dois anos depois, em 1983. Desde então, atua como clínico geral no Hospital Sírio Libanês, além de atender também em sua clínica privada.

faixa assinatura Dr Salim

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MANDE UMA MENSAGEM