Dia do Cego é celebrado neste dia 13 de dezembro!

Algumas causas de cegueira

Hoje, no Dia do Cego ou Dia do Deficiente Visual, é importante destacarmos dois aspectos interessantes: os motivos pelos quais alguém não tenha visão e como integrar essas pessoas à sociedade. O primeiro é uma forma de alerta para as pessoas. Segundo Dr. Salim Médico de Família, a cegueira pode acontecer de várias maneiras:

  • Crianças já nascem sem visão, por problemas congênitos;
  • Glaucoma;
  • Diabetes;
  • Doenças infectocontagiosas;
  • Tumores oculares;
  • Traumatismo: devido a tiros, acidentes, substâncias ácidas que caem no olho.

Portanto, é necessário as pessoas terem ciência disso. Ir ao oftalmologista sempre que possível, medir a pressão do olho porque o glaucoma é uma das causas de cegueira e os diabéticos devem sempre estar em consulta com seu oftalmologista também.

A importância da data

Além disso, o Dia do Cego é celebrado para que a sociedade entenda o que fazer para integrar as pessoas com esta dificuldade. Para o Dr. Salim, Médico de Família, é preciso haver formas eficientes no cotidiano dos deficientes visuais.

Os métodos de leitura – o método braile; os treinamentos, como a pessoa pode ser útil para si mesmo, para sua família, trabalhar, ter uma profissão adequada. Enfim, a integração do deficiente visual na sociedade é um problema de saúde pública, e um problema de cada um nós, que todos nós devemos nos preocupar com quem tem algum tipo de deficiência.

Será possível, assim, devolver os deficientes visuais à sociedade, para que eles tenham condições de trabalhar e levar suas vidas da melhor maneira possível. Vamos lembrar neste Dia do Cego como é essencial que ele se sinta útil para si mesmo, para sua família e para a coletividade. Então, o dia de hoje é um dia de alerta e de reflexão sobre quem tem algum tipo de problema visual. 

Sociedade Brasileira de Oftalmologia: http://www.sboportal.org.br/

dr salim assinaturafaixa assinatura Dr SalimDr. Salim

CRM-SP 43163

É conhecido também como médico da família. Formado em 1981, na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, concluindo residência dois anos depois, em 1983. Desde então, atua como clínico geral no Hospital Sírio Libanês, além de atender também em sua clínica privada.

faixa assinatura Dr Salim

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MANDE UMA MENSAGEM