Você sabe o que é síndrome de Guillain-Barré?

A doença cresceu mais de 100% em quatro estados do Nordeste, mas para a Organização Mundial da Saúde ainda é cedo associá-la ao Zika Virus.

É uma forma de neuropatia periférica (processo inflamatório dos nervos periféricos). O sintoma preponderante é a fraqueza muscular, chegando muitas vezes a impedir que o paciente fique em pé ou ande. Em geral, progride rapidamente, em dois ou três dias, mas pode ocorrer mais lentamente, chegando a quatro semanas o ápice da piora.Nos casos mais graves a fraqueza chega a acometer a musculatura respiratória, requerendo o uso de aparelhos de ventilação mecânica. Mais raramente podem existir casos em que os sintomas predominantes são sensitivos (diminuição ou perda da sensibilidade), falta de coordenação ou relacionados ao sistema nervoso autônomo (perda do controle da pressão arterial, com quedas bruscas, intercaladas com hipertensão e diminuição da movimentação gastrointestinal).A maioria dos pacientes adquire a síndrome de Guillain-Barré de duas a três semanas após uma gripe, gastroenterocolite aguda ou mais raramente após passar por um estresse. Há também suspeita da doença estar conectada ao Zika Virus, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti.Um estudo da Organização Mundial da Saúde indica que quatro estados do Nordeste tiveram aumento superior a 100% de incidência no número de casos da doença. Foram verificados 1.708 casos em 2015, sendo que Alagoas teve um aumento de 517%, a Bahia de 196%, o Piauí e o Rio Grande do Norte de 108%. Porém, segundo a OMS, ainda é cedo associar a síndrome de Guillan-Barré ao Zika Virus.Às vezes, nessas circunstâncias, o sistema imunológico do organismo entra em estado de alerta e passa a produzir elementos de defesa contra a agressão. Esses elementos são anticorpos que, em última análise, são substâncias que procuram combater as bactérias ou os vírus que invadiram nosso organismo. A defesa algumas vezes passa dos limites e agride o sistema nervoso periférico, impedindo seu bom funcionamento.No próximo post sobre o assunto, falaremos sobre o diagnóstico e tratamento da síndrome de Guillain-Barré.

dr salim assinaturafaixa assinatura Dr SalimDr. Salim

CRM-SP 43163

É conhecido também como médico da família. Formado em 1981, na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, concluindo residência dois anos depois, em 1983. Desde então, atua como clínico geral no Hospital Sírio Libanês, além de atender também em sua clínica privada.

faixa assinatura Dr Salim

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OU MANDE UMA MENSAGEM

× Como posso te ajudar?